Exposição celebra o trabalho da fotógrafa Ana Valadares

Posted on 02/02/2015

0


Imagens contam a história dos 45 anos da precursora da fotografia de moda em Belo Horizonte

Mcway_(29)

Ana Valadares é a precursora da fotografia de moda em Belo Horizonte / J. Mcway

A trajetória da , Ana Valadares, é o destaque do Café do Memorial Minas Gerais. Um recorte dos mais relevantes cliques da fotógrafa pode ser conferido na exposição “Ana Valadares – uma vida iluminada”, com curadoria de Tibério França. Ao todo, 138 imagens narram os 45 anos de dedicação da fotógrafa, entre cliques de celebridades, campanhas publicitárias e editoriais.

O primeiro contato com a fotografia foi ainda na adolescência. Aos 14 anos, Ana Valadares conheceu um estúdio fotográfico e se apaixonou pelo que viu. Foi assim que a jovem colocou na cabeça o que queria fazer pelo resto da vida: fotografar. Desde então, a arte de imortalizar imagens se tornou o grande prazer da fotógrafa. A partir dos anos 1970, a belo-horizontina iniciava o trabalho como fotógrafa profissional de moda, emprestando o seu talento para grandes lojas de departamentos e estilistas famosos.

Trabalhos realizados para revistas e editorais de moda impulsionaram a carreira de Ana / J. Mcway

Trabalhos realizados para revistas e editorais de moda impulsionaram a carreira de Ana / J. Mcway

Em “Ana Valadares – uma vida iluminada”, o público pode conferir 120 fotografias projetadas em vídeo e 18 impressas, que retratam, além dos trabalhos realizados para revistas e editorais de moda, o registro de celebridades, entre elas, Adélia Prado, Elke Maravilha e Camilo Paoliello. Há, também, alguns cliques da natureza, outra paixão que Ana descobriu ao começar a fotografar.

“A seleção foi aleatória. Há registros mais antigos, de editorias e fotos publicitárias. Mas eu acredito que só com as fotografias que eu escolhi, dá para contar um pouco da minha história como fotógrafa”, disse Ana Valadares. Para ela, os visitantes e apaixonados por fotografia poderão acompanhar a evolução e as diferentes técnicas dessa arte, que a cada dia ganha mais adeptos. “Eu vejo que hoje está mais fácil fotografar, mas é preciso ter muita paixão pelo que se faz. Sem paixão não tem jeito, não há tecnologia que ajude”, finalizou.

Adélia Prado pelas lentes de Ana Valadares / J. Mcway

Adélia Prado pelas lentes de Ana Valadares / J. Mcway

A exposição está no Café do Memorial Minas Gerais, até 3 de maio. O endereço é Praça da Liberdade s/nº, Lourdes. Horário de visitação: terças, quartas, sextas e sábados das 10h às 17h30; quintas das 10h às 21h30, e aos domingos das 10h às 15h30. A entrada é gratuita. Outras informações pelo telefone (31) 3343-7317.

Anúncios
Posted in: Cultura, Moda