Itamar Brant é o som de Minas na edição 2014 do Prêmio Dynamite de Música

Posted on 12/09/2014

0


A Superfície da Palavra, segundo álbum de estúdio do artista concorre na categoria regional

Álbum de Brant é o único representante mineiro noa edição 2014 do prêmio Dynamite

Álbum de Brant é o único representante mineiro noa edição 2014 do prêmio Dynamite

O cantor e compositor Itamar Brant é um dos indicados do ao Prêmio Dynamite de Música 2014, na categoria Melhor Álbum Regional. O prêmio é uma iniciativa que valoriza o trabalho de artistas independentes de todo o país. Natural de Belo Horizonte, Itamar Brant é o único representante mineiro na premiação. O músico concorre com o álbum A Superfície da Palavra, lançado em 2013, e que traz diversas parcerias e composições autorais.

A Superfície da Palavra é o segundo álbum de Itamar Brant. O trabalho do músico, completamente autoral, reúne composições intimistas e traz parcerias com nomes de peso do cenário musical de Minas Gerais, como os cantores Toninho Horta, Marina Machado e Chico Amaral. A produção do disco também traz outros grandes artistas. Robertinho Brant e Tattá Spalla, coproduziram o álbum ao lado de Itamar.

Ao todo, são 11 canções autorais e a regravação de God Bless The Child, da cantora norte americana Billie Hollyday. O CD também conta com a participação do violinista austríaco Rudi Berger e do grupo de percussão borTam, entre outros músicos conceituados. A Superfície da Palavra até hoje é reconhecido e divulgado em rádios de vários países, como Suécia, EUA, Japão e Porto Rico.

Atualmente o músico trabalha na produção e gravação de um videoclipe para uma das canções do álbum. O vídeo será lançado ainda este ano. O trabalho de Itamar Brant encontra-se à venda em lojas físicas de Belo Horizonte e em lojas virtuais, como OneRPM e iTunes. Todas as músicas também estão disponíveis no Soundcloud.

As votações para o Prêmio Dynamite de Música 2014 vão até 20 de setembro. Para votar, é necessário cadastrar um endereço de email válido. Só é válido um voto pra cada categoria pelo mesmo email.

Sobre Itamar Brant – Natural de Belo Horizonte, Itamar Brant estudou música nas Escolas Música de Minas e Acorde nos anos 80. Aprimorou os estudos em Paris, na Escola Ephen, nos anos 90, onde foi aluno por dois anos. Ainda na cidade parisiense frequentou, durante um ano, as aulas de canto do professor Pedro Paulo Castro Neves, cantor carioca, irmão de Oscar Castro Neves, um dos ícones da bossa nova.

De volta à capital mineira, em 1994, Brant passou a se apresentar em bares e casas de shows. O músico deu continuidade aos estudos com aulas de canto na Escola Babaya e depois foi aluno, por quatro anos, de Mary Harmendani. Atualmente aperfeiçoa suas técnicas vocais com Neyde Ziviane, renomada cantora lírica.
Em 2004, Brant lançou o seu primeiro CD, Perímetro Cefálico, com 11 músicas autorais, sendo três delas em parceria com o músico Renato Diniz. Neste álbum, Brant prestou uma homenagem ao grande Noel Rosa e deu uma nova roupagem a um antigo samba de Kid Pepe, parceiro de Noel e de Zé Pretinho, chamado “Tenho raiva de quem sabe”. Admirador da bossa nova, Brant consegue mesclar a MPB com o samba e com outros ritmos, como xote, reggae e blues.

Anúncios
Posted in: Música