Leslie Ceotto Deslandes fala de superação e autoconhecimento em seu livro de estreia

Posted on 06/11/2013

0


“Hinos de Vida (literalmente falando)” reúne as experiências positivas e negativas da autora

As adversidades da vida podem transformar momentos de angústia em fases de inspiração e novas descobertas. Foi assim para a escritora Leslie Ceotto Deslandes, que encontrou refúgio nos versos, prosas e poemas. O resultado dessa terapia literária é o livro “Hinos de Vida (literalmente falando)”, o primeiro de Leslie, lançado na terça-feira (5), na Academia Mineira de Letras. A obra propõe uma viagem ousada na busca de respostas a perguntas que em algum momento da vida afligem todo ser humano.

Os questionamentos de Leslie surgiram há pouco mais de dez anos, quando ela precisou realizar uma histerectomia, cirurgia para a retirada do útero. “Fiz exames e confirmei alguns cistos espalhados, pequenos como grãos de arroz. Começamos a fazer o controle de três em três meses. Dentre os exames, o soubemos que um dos arrozinhos, em três meses, tinha crescido, atingindo o tamanho de uma laranja grande”, conta Leslie.

A partir daí, “a gente começa a se questionar. ‘Por que comigo? ’ ‘Logo eu? ’ ‘O que eu fiz de errado? ’ Surgiram esses questionamentos e os momentos da solidão.” Durante essa fase de impotência, em que não era capaz de solucionar, sozinha, o problema, Leslie começou a escrever. Os versos que surgiram durante o processo ajudaram a autora a se conhecer e a entender o que estava acontecendo em sua vida. “Estes textos são diversificados, mas começam e terminam por causa de uma doença inesperada que me causou a perda de um órgão muito importante para a mulher”, conta a autora.

A ideia de publicar a obra foi incentiva pelo professor e amigo Rogério Zola Santiago, que gostou do material enviado por Leslie, e a encorajou a lançar seu primeiro trabalho. A autora aceitou a proposta, mas, ainda assim, o receio falava alto. “Foi um momento complicado, pois tudo aquilo era extremamente íntimo. Eram as minhas dores, os meus questionamentos transformados em poesia. A ideia de lançar um livro sobre a minha história me assustou”.

O desafio da retirada do útero foi vencido, há dez anos e, agora, Leslie se sente mais corajosa e pronta para as novas possibilidades que a vida ainda vai colocar em seu caminho. “A cada dia você faz uma composição, é como se a vida fosse um álbum. O título do livro vem daí. Dentro de cada verso, de alguma maneira, eu compus, positiva ou negativamente, os hinos que contam a minha história”, concluiu.

Anúncios
Posted in: Literatura