Banda Mole agita o pré-carnaval de Belo Horizonte

Posted on 02/02/2013

0


Pré-carnaval de Belo Horizonte leva 20 mil à Avenida Afonso Pena e anima os foliões ao som de muito samba, axé e as tradicionais marchinhas.

o ministro Joaquim Barbosa foi um dos homenageados.

o ministro Joaquim Barbosa foi um dos homenageados.

A folia tomou conta da Avenida Afonso Pena, no sábado, 2, com a 38ª edição da Banda Mole. Neste ano, a organização do evento decidiu homenagear dois grandes personagens brasileiros: o arquiteto Oscar Niemeyer (1907 – 2012) e o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa. Ao som de muito axé, samba e as tradicionais marchinhas de carnaval, cerca de 20 mil pessoas, segundo a organização do evento, participaram do pré-carnaval de Belo Horizonte.

Com o tema “Mensaleiro não conta prosa na corte do Barbosa”, alusão o trabalho do presidente do STF na CPI do Mensalão, a Banda Mole arrastou uma multidão de pessoas para a Avenida Afonso Pena, no centro da cidade. Diversas atrações musicais ditaram o ritmo da festa. Do Axé de Luiz Caldas aos tambores da Bartucada de Diamantina, passando pela Orquestra Mineira de Brega e o sertanejo de Fred e Marcelo, a festa reuniu todos os estilos, para agradar a todos os gostos.

Tradição da Banda Mole desde o início, os homens fantasiados de mulher também marcaram presença na festa. O folião Marcelo Loureiro apareceu na avenida com uma peruca com longas madeixas loiras e um vestido curto com estampa de oncinha. Participante pela primeira vez, Marcelo contou que a fantasia foi ideia dos amigos. “Eles me falaram que é comum os homens se vestirem de mulher, e eu acreditei. Mas acho que o nosso grupo está o mais bonito”, brincou.

A criatividade tomou conta das fantasias.

A criatividade tomou conta das fantasias.

“Diversidade e respeito” são as palavras que mais chamam a atenção da professora Érica Renata. Acompanhada dos sobrinhos e dos dois filhos, Érica é veterana da Banda Mole. “Acho que venho aqui desde novinha. Faz pouco mais de 20 anos que acompanho a Banda”. Segundo a professora, o pré-carnaval é uma oportunidade de levar as crianças e ensiná-las um pouco mais sobre o respeito ao próximo. “Eles ainda são novos, mas, quando veem tantas pessoas diferentes, acabam entendendo que não nada de errado nisso”, disse.

O estudante Diego Fortes veio à Banda Mole a convite dos pais. Embora houvesse várias opções para o pré-carnaval, Diego optou por um programa mais família neste sábado. “Eu nunca tinha vindo. Tô achando legal”, apontou. A mãe de Diego, a empresária Beatriz Fortes, que fez o convite ao filho, decicidiu acompanhar a Banda por um motivo: “Luiz Caldas. Eu adoro a música dele. Já pulei muito carnaval ao som de Luiz Caldas, e o Diego não conhecia. Espero que meu filho goste”, explicou.

Os foliões lotaram a Afonso Pena, no centro da capital.

Os foliões lotaram a Afonso Pena, no centro da capital.

A Polícia Militar deslocou um total de 600 homens para cuidar da segurança dos foliões. Segundo a organização do evento, até o começo da noite foram registradas duas ocorrências por uso de drogas. Os usuários foram detidos e levados para a Seccional Sul. Balanço parcial dos bombeiros aponta quatro atendimentos médicos até o meio da tarde, um por coma alcoólico e outros três por causa da explosão de uma bomba caseira.

Anúncios
Posted in: Cidades, Diversão