Galeria Beatriz Abi-Acl celebra a arte mineira

Posted on 26/10/2012

0


Nas comemorações dos 13 anos de fundação, espaço promove mostra coletiva que conta com mais de 40 trabalhos de diversos artistas do Estado.

A exposição reúne 40 obras de diversos artistas do Estado.

Em comemoração aos 13 anos de abertura, a Galeria de Arte Beatriz Abi-Acl faz uma retrospectiva do cenário artístico do Estado nas últimas décadas e celebra a diversidade do trabalho de 14 artistas de diversas gerações com a mostra “Arte nas Gerais”. São 40 obras inéditas e o visitante poderá conferir os traços de Abreuvalle, Ana Felisberto, Attilio Colnago, Beatriz Abi-Acl, Carlos Macedo, Clébio Maduro, Décio Noviello, José Maria Ribeiro, Marcelo AB, Mário Mariano, Mauro Silper, Noêmia Motta, Rachel Roscoe e Yara Tupynambá. Além disso, trabalhos de nomes consagrados das artes plásticas, como Amilcar de Castro, Carlos Bracher, Caribé e Herculano Campos também fazem parte do acervo.

A curadoria do coletivo ficou por conta do marchand e colecionador Jacques Ernest Levy. Jacques explica que a escolha dos artistas primaram pela diversidade e tendências de composição que cada um apresentava. “É uma seleção de artistas que contempla desde os mais jovens aos mais antigos, mas, o mais interessante desse coletivo é que o público poderá encontrar trabalhos diferentes que não têm nada em comum. São óleos, abstratos, aquarelas, esculturas em ferro e muito mais”, disse.

Óleos, aquarelas e esculturas mostram toda a diversidade da arte produzida em Minas.

Para o artista e professor Clébio Maduro, que faz parte da exposição “Arte nas Gerais”, a grande diversidade de obras apresentadas na celebração dos 13 anos da galeria representa uma oportunidade rara para quem se interessa por arte, mas conhece pouco do que é produzido em Minas. “Minas é um celeiro da arte, mas, infelizmente, poucos artistas têm a oportunidade de mostrar do que são capazes. E, também, poucas pessoas têm a chance de conhecê-los. Esse coletivo vai ser uma excelente oportunidade para que outras pessoas conheçam o que o nosso Estado produz de melhor, quando o assunto é arte”, apontou.

“Arte nas Gerais” vai até 24 de novembro, na Galeria de Arte Beatriz Abi-Acl.

Fundada em outubro de 1999, a Galeria de Arte Beatriz Abi -Acl já promoveu mais de 50 exposições, entre individuais e coletivas. Ao longo dos 13 anos, o espaço ficou conhecido por priorizar a arte feita no Estado. Segundo a fundadora da Galeria, Beatriz Abi-Acl, “Minas é essa fonte constante de arte, o que me permite escolher obras que têm, acima de tudo, qualidade em sua composição”, explicou. Ainda de acordo com Beatriz, comemorar os 13 anos de sua galeria contemplando a essência da arte mineira é um raro privilégio. “É um trabalho longo, desgastante, mas que tem essa preocupação em mostrar sempre o que há de melhor”, finalizou.

A Exposição “Arte nas Gerais” vai de 26 de outubro a 24 de novembro, de segunda a sexta, das 9h às 20h. Aos sábados, a galeria fica aberta das 9h às 13h. O endereço é rua Santa Catarina, 1.155, Lourdes. A entrada é gratuita. Outras informações: www.galeriabeatrizabiacl.com.br.

Anúncios
Posted in: Cultura