Expocachaça 2012 movimenta o Expominas

Posted on 09/06/2012

0


A 20ª edição de uma das feiras mais tradicionais do país reúne diversas atrações para o público, além de apresentar as melhores cachaças produzidas no Brasil.

A feira, que já está na 20ª edição, tem atraído um público cada vez maior.

A 20ª edição da Expocachaça, uma das mais tradicionais feiras de bebida do país, traz para a capital mineira, até 10 de junho, no Expominas, uma série de atrações e novidades sobre o mercado de cachaça. Reunindo expositores, produtores e apreciadores do produto tipicamente brasileiro e patrimônio cultural de Minas Gerais, a Expocachaça, neste ano, aborda temas como sustentabilidade e inovação do setor, além de muito mais.

Desde 1998, ano em que ocorreu a primeira edição da feira, até os dias de hoje, o cenário para o mercado de cachaça tem passado por constantes mudanças. De bebida barata a drinque sofisticado, a aguardente tem atingido um mercado cada vez mais exigente, como explica o diretor de marketing da feira, José Lúcio Mendes. “Hoje, a profissionalização do produtor aumentou, a qualidade da bebida aumentou, a exigência do consumidor aumentou. Tudo isso contribui para que o produto ganhe destaque nacional e internacional”, apontou.

O reconhecimento da cachaça como produto originalmente brasileiro, em abril deste ano, pelos Estados Unidos, maior mercado consumidor de bebidas do mundo, também contribuiu para essa nova fase da bebida. De acordo com Jorge Lúcio “todos estão de olho nas preferências do mercado americano, pois eles ditam moda de consumo. Esse reconhecimento facilitará estender a cachaça para todas as aduanas do mundo, ou seja, globalmente, como bebida produzida exclusivamente pelo Brasil”.

“O que vai acontecer, de agora em diante, é uma preocupação maior com a qualidade do produto fabricado, seja para consumo interno ou exportação”, Naiara Côrrea

Muitos produtores têm comemorado. É o caso da Cachaça Vale Verde, que participa da feria desde a primeira edição. Segundo a gerente de Marketing e Comercial do Grupo Vale Verde, Naiara Corrêa, o reconhecimento não aumentará a produção de cachaças no país, mas irá contribuir para a excelência da bebida fabricada. “O Obama reconheceu a cachaça como um produto original, mas isso não quer dizer que vai haver um aumento de 20%, 30% na produção. O que vai acontecer, de agora em diante, é uma preocupação maior com a qualidade do produto fabricado, seja para consumo interno ou exportação”, disse.

Concurso de coquetéis também faz parte da programação

O 3º Concurso Nacional de Coquetelaria é um dos destaques desta edição. O evento conta com participação de 30 candidatos do Rio, São Paulo e Minas Gerais, que preparam coquetéis a partir de cachaça. Um corpo de jurados renomados, entre eles apreciadores de cachaça, imprensa, especialistas em cachaças e profissionais da área, vai avaliar e escolher o melhor drink a partir dos critérios “melhor aroma, sabor e apresentação”.

Ainda dá tempo de conferir as atrações desta edição da feira. Até domingo, 10, quem visitar o Expominas, terá a chance de conferir o espaço BrasilBier, com cervejas brasileiras especiais, para ressaltar a importância das microcervejarias em âmbito regional e nacional. Outra atração será o Festival de Caipirinhas, em que bartenders vão preparar a caipirinha tradicional e caipifrutas. O público poderá eleger, por meio de votação, a melhor combinação feita com a cachaça, a melhor cachaça e o melhor bartender.

A Expocachaça 2012 vai até domingo, 10, no Expominas, das 10h às 22h. Informações sobre como chegar ao local e valor da entrada estão disponíveis no site oficial do evento: www.expocachaca.com.br.

Fotos: Willian Junior

Anúncios
Posted in: Diversão