O papagaio Toninho

Posted on 15/02/2012

0


Toninho, uma espécie tipicamente brasileira.

O personagem que ilustra esta matéria não poderia ser mais brasileiro. Toninho, um Papagaio da Amazônia, também conhecido como ‘Papagaio Verdadeiro’, tem cinco meses de idade e já está aprendendo as primeiras palavras. Xodó da empresária Andréia Teixeira, a ave foi adquirida para fazer companhia à fêmea Tina, que estava se sentindo solitária em casa. Brincalhão e dócil, Toninho ainda é filhote e adora morder pedaços de galhos e fazer carinho em sua dona. “Ele é bem mimado. Estamos tentando tirar a mamadeira para que ele aprenda a comer outras coisas como grãos e frutas, mas ele adora quando ganha alimento no bico”.

O animal faz parte da família do Amazona Aestiva, mede de 35 a 37 cm de comprimento e pesa cerca de 400kg quando atinge a idade adulta. Suas características mais marcantes são a cabeça amarela, com azul-esverdeado na fronte e bochecha, narinas escuras, ombros vermelhos delineados com amarelo, parte da asa é vermelha e os extremos são azul-escuro. O restante do corpo geralmente é verde, mais claro entre o ventre e o rabo. Na natureza, o Papagaio da Amazônia alimenta-se de castanhas, frutas silvestres e sementes, principalmente de leguminosas. Em cativeiro ele pode comer, além da ração comercial, frutos, sementes e vegetais.

A espécie adquirida por Andréia tem fama de falar bastante. Por esse motivo, é comum que muitos busquem uma ave dessas como animal de estimação. Mas os cuidados com o Papagaio da Amazônia vão além de ensiná-lo a imitar a voz humana. Para o médico veterinário Adriano Mendes, os donos devem ficar atentos a doenças. “Essa ave tem a tendência de esconder os sintomas de alguma doença. Pelo metabolismo muito rápido, quando o dono percebe, a doença já está num estágio avançado”, explica. Ainda de acordo com Adriano, é necessário realizar exames rotineiros no bicho para evitar problemas de saúde do animal. “Um check-up a cada seis meses seria melhor, mas se o criador levar o papagaio uma vez por ano e realizar exame de fezes, sangue e outros, já vai ser suficiente”, garante.

Anúncios
Posted in: Mundo Animal