Profissionais da Automação comemoraram mais uma edição da BNATA

Posted on 19/04/2011

0


A BNATA existe há 15 anos.

Em 1996, um grupo de amigos atuantes na área de Automação decidiu marcar um “boteco” após o expediente para confraternizar o final de ano. Para alguns, aquele seria o último encontro, já que no próximo ano não dividiriam o mesmo ambiente de trabalho. Nascia, assim, a Botecada de Natal dos Trabalhadores em Automação, a BNATA – a Debutante, evento que comemora, este ano, sua 15ª edição e que reuniu mais de 300 pessoas no Chico Savassi na última quarta-feira (22/12).

A festa é uma espécie de confraternização geral dos profissionais da Automação.

Amigos, colegas e ex-colegas de trabalho de várias empresas do setor de automação se reuniram mais uma vez para desejar bons votos de fim de ano e celebrar o encerramento de uma longa jornada. O clima de confraternização tomou conta do Chico Savassi e, entre uma cervejinha gelada e outra, muitos aproveitaram para colocar a conversa em dia, seja sobre o negócio ou simplesmente para reencontrar antigos amigos. É esse o principal objetivo da BNATA, como explicaram os organizadores Ricardo Leite, Gustavo Sasso e Gustavo Soragi. “Aqui todo mundo é concorrente enquanto empresa, mas amigo na confraternização. Não existe política na festa, somente as relações pessoais e os laços que são feitos ou fortalecidos”, ressaltaram.

Cerca de 300 pessoas compareceram ao Chico Savassi para confraternizar.

A ideia da festa surgiu quando Ricardo, que está à frente da BNATA desde o início, se desligou de sua antiga empresa. Para não perder o contato com os colegas, ele resolver marcar um happy hour. Na sua primeira edição, o encontrou reuniu cerca de 40 pessoas. Para o dèbut, mais de 300 pessoas marcaram presença. Alguns já estiveram presentes em outras edições, outros, participando pela primeira vez do evento. Caso do sistemista e projetista Victor Oliveira. O profissional ficou sabendo da festa por meio dos amigos de trabalho e gostou muito de poder compartilhar experiências e fazer amigos. “Estou aprendendo muita coisa com gente que tem bastante experiência, sabe? Tem só um ano e meio que estou na área e é muito bacana poder entender mais sobre o meu trabalho compartilhando ideias e ouvindo a opinião de outras pessoas”, afirmou. Outro que participou da festa pela primeira vez, foi o estagiário Rômulo Resende. “Já encontrei várias pessoas que conversei durante algumas feiras que fui. Também bati papo com ex-colegas de trabalho. O clima da festa está muito bom”, disse. Rômulo ainda ressaltou que o mais interessante da festa é promover as mais variadas conversas entre os participantes. “O clima do escritório é muito pesado, você trabalha sob pressão o tempo todo e quase não conversa sobre outros assuntos. Aqui você pode falar sobre futebol, amigos, e até mesmo sobre o próprio trabalho, mas sempre com um clima de diversão no ar”.

O sucesso da festa acompanha o crescimento da área de Automação.

Quem participa da BNATA desde o início se surpreendeu com o grande número de adeptos para este ano. O gerente Leonel Vicente Mota acredita que o crescimento do ramo de automação em Belo Horizonte tenha contribuído para o sucesso da festa. “No passado, eram poucas empresas e as pessoas se conheciam. Ao longo dos anos, o mercado foi crescendo e a cidade se tornou polo. A demanda para o setor cresceu. E a festa também”, destacou. Leonel também acredita que promover encontros e celebrar as amizades sejam os destaques da festa. “é muito bom falar com pessoas que você conheceu há dez anos ou há dez meses”.

Camisetas personalizadas e show com a escola de Samba Bachareis do Samba foram algumas das surpresas da festa.

Para comemorar os 15 anos da festa com grande estilo, a organização preparou uma série de surpresas para seus convidados. A começar pela confecção de camisetas personalizadas. Mais uma forma de manter vivas as recordações do encontro dos amigos da Automação. Canecas customizadas também foram distribuídas. E para animar ainda mais a BNATA, a escola de samba Bachareis do Samba deu o tom certo para a festa. O instituto ISA BH, maior entidade de profissionais de Automação e Instrumentação do mundo, também compareceu ao evento para “atrair novos afiliados e reencontrar amigos”, afirmou o presidente Hugo Galvão. Para ele, é importante que o instituto esteja presente “não somente para divulgar as vantagens para quem pretende se associar, mas também para celebrar o momento e confraternizar com todos.”

Fotos: Elmo Gomes

Anúncios
Posted in: Diversão